Venham mais cinco...

Torres Vedras tem aquilo a que chama a Ciclovia das Escolas, ainda por concluir, mas já apadrinhada por um "ilustre torriense ligado ao mundo do ciclismo". Não tem qualquer utilidade.
Vai ter mais cinco, todas com padrinhos já escolhidos, antigos ciclistas. Trata-se da Rede de Ciclovias Urbanas de Torres Vedras, uma cidade com tradição do uso da bicicleta, no dizer da Câmara Municipal.
Não se fica por aqui a determinação do Município neste campo: os torrienses vão dispor de 27 parques para bicicletas, 7 zonas de descanso e 8 estações de aluguer de bicicletas. Segundo a CM  "esta rede de ciclovias assenta num conjunto de eixos estruturantes que ligam os principais pontos de Torres Vedras".
Não resisto a transcrever mais um pedacinho de prosa retirado da REVISTA MUNICIPAL de Novembro/Dezembro 2011 ( pág.16/17 ): "...Com a implementação daquela rede de Ciclovias, a CM pretende promover entre a população de TV formas de deslocação mais sustentáveis e económicas, que favoreçam a saúde e a qualidade de vida da mesma, bem como o ambiente, e ajudem também a uma "redescoberta" desta cidade, valorizando-se o seu património. Pretende-se, no fundo, criar uma nova cultura de mobilidade..."

É obra, numa cidade cuja zona central e comercial cabe em dois quarteirões da baixa pombalina de Lisboa.
"Esta cidade descobre-se e redescobre-se caminhando!"
São uns fantasistas estes governantes!
Deixo um conjunto de fotografias  
                                           
Uma fila de alunos muito jóvens e professoras, em Copenhaga