A "NOVA CICLOVIA DAS ESCOLAS" E A CICLOVIA DO PORTO NOVO


Numa cidade onde ninguém prescinde do automóvel para se deslocar, só os sucessivos responsáveis camarários estão convencidos que a Bicicleta é a alternativa. Dizem-no, escrevem-no e publicitam-no em sites.
A experiência de cinco anos não lhes bastou para  acabar com esta aberrante obra a que chamaram "Ciclovia das Escolas". 

Nada a fazer. 
Passamo, por isso, a ter a nova "Ciclovia das Escolas versão II",  com o acrescento da Rua António Augusto Cabral.  
Como o troço da Rua Venerando de Matos parece ter ido à vida depois de nascer morto, há que esperar a mudança de nome desta requalificado obra. "Ciclovia das 3 Escolas e da rotunda dos Cavalos" não me parece má escolha.
Os traçados no passeio Poente da Praça Sá-Carneiro e nos outros dois da Rua Henriques Nogueira, pela contribuição que têm dado à diminuição do fluxo de trânsito naquelas artérias, deverão manter-se, não esquecendo, contudo, a fundamental recolocação das moedas que foram desaparecendo para mãos  de coleccionadores . Na falta deste adereço, deverá ser feita a separação das duas vias, como exigem os sinais nelas colocados (cujo significado a C.M desconhece) isto é, através de um traço continuo, o qual virá substituir o das moedas intermitentes. Poderá surgir aqui o problema de o Código da Estrada proibir a circulação de bicicletas nos passeios, mas esta questão poderá ser ultrapassada com uma exposição ao Secretário de Estado das Autarquias e tudo se resolverá.

As condições de segurança de ciclistas não foram esquecidas:
Delimitar zonas de circulação desta denominada ciclovia, com marcações a tracejado veio dar ao ciclista a possibilidade de escolha, facto que obrigará à redobrada atenção  do automobilista e isso é bom. Problema idêntico surge na rua António Augusto Cabral mas aqui serão os condutores dos carros estacionados que passarão a ter cuidado nas saídas não vá surgir um ciclista a impedi-lo.

É de esperar, agora, que a "Ciclovia do Barro" e a "Ecopista do Sizandro" venham a sofrer as respectivas "requalificações"!

E ainda há as cinco prometidas, apadrinhadas, propagandeadas e silenciadas!

E a do Porto Novo, que já começou a sofrer transformações...
Passei por lá esta semana e deixo fotos:
________________________________________________________________________

      
https://s25.postimg.org/6ypg7blzz/image.jpg

https://s25.postimg.org/5d0zo0x0f/image.jpg.         


  https://s25.postimg.org/q4q8red5r/image.jpg.                

  
https://s25.postimg.org/d1um84mxr/image.jpg.               


https://s25.postimg.org/7fzz8ttwf/image.jpg.                   

https://s25.postimg.org/d4hpml15r/image.jpg.              

https://s25.postimg.org/6p275xl7j/image.jpg.                


https://s25.postimg.org/trsq53mov/image.jpg.               


É tudo.


Cumprimentos

RECORDANDO

Retirei o seguinte texto do Fórum do Site da CMTV onde foi por mim publicado em 16Jan2015

"... Quem não gostaria de viver numa cidade com ar puro e pouco ruído? Um lugar livre de trânsito, onde movimentar-se pela cidade fosse fácil e onde os cidadãos pudessem desfrutar de uma elevada qualidade de vida? Uma cidade da qual se orgulhasse por ser conhecida em toda a Europa como uma cidade preocupada e ativa na proteção do ambiente de forma inovadora e prospetiva? Com algum pensamento estratégico é possível tornar esta visão uma realidade.
Torres Vedras participa nesta iniciativa europeia desde 2004"
_____________________________________________________________________
(*) Do Programa da Semana Europeia da Mobilidade de 2012

Os dois links abaixo referem-se a  duas realizações da Câmara Municipal de Torres Vedras, solenemente inauguradas em 8 de Junho de 2008 e 10 de Junho de 2009.
       
     Ciclovias do Barro    

     Ecopista do Sizandro     

As seguintes composições fotográficas são um exemplo (entre outros) do que aconteceu ao longo dos anos, fruto da manifesta ausência de qualquer "pensamento estratégico":

Ciclovia do Barro:


Foto 1.      Foto 2.      Foto 3.       Foto 4.      Foto 5. 

_______________________________

Ecopista do Sizandro

Fotografia 1.      Fotografia 2      Fotografia 3.      Fotografia 4.      Fotografia 5.    

O QUE É PRECISO É NÃO METER ÁGUA !


À semelhança do que sucede na praça de S. Marcos em Veneza (foto acima), bem poderia a Câmara Municipal de Torres Vedras dotar de estrados a praça Alberto Avelino, (*) para permitir o acesso dos visitantes ao Parque e ao Atelier dos Brinquedos, nos dias em que chove ou em que choveu horas antes.
E não é necessária muita chuva.

Sugiro mesmo que esta praça passe a chamar-se praça S.Gonçalo de Lagos, o que implicaria a transladação da escultura que está no rotunda do Choupal, a qual passaria a ter o nome que sempre teve.
A meritória figura torriense, Dr Alberto Avelino, podeia ser perpetuada na praça frontal do Mercado Municipal que assim deixaria de ser a praça do garrafão.
______________________________________________________________________
(*) Poderiam ser aproveitados os da praia de Sta Cruz.

AINDA O NOVO PARQUE DO CHOUPAL

Domingo de sol. 
Como era de esperar, o parque de estacionamento  estava cheio 
e as pessoas aguardavam que os empregados do restaurante lhes destinassem a mesa.
Era de inveja o semblante do solitário parque vizinho.

O NOVO PARQUE DO CHOUPAL


Gosto deste Parque:

- Porque se pode passear
- Porque se pode usufruir de uma vasta área relvada
-Porque se pode ler sentada/o na relva ou  encostada/o a uma árvore
- Porque se podem levar os filhos ou netos a brincar no parque infantil ou na relva
- Porque tem dois restaurantes de qualidade onde se pode beber um café ou tomar uma refeição
- Porque tem uma das mais bonitas esplanadas da cidade
-Porque tem um Centro de  Documentação Ambiental.
- Porque tem um pequeno anfiteatro para a actividades culturais
- Porque tem um Circuito de Manutenção
- Porque tem uma pista de skate
 - Porque tem um recinto desportivo
 - Porque...